Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Top 10: os carros elétricos que ficaram mais baratos nos últimos meses

Lançamentos de modelos fazem o mercado de veículos elétricos ter redução de preço.


Por Agência de Conteúdo Publicado 28/10/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00
Carros elétricos mais baratos
Devido a concorrência, os carros elétricos tiveram que ficar mais baratos. Foto: iStock

Nos últimos anos, os veículos elétricos (VEs) têm conquistado uma parcela significativa do mercado automobilístico global, tornando-se uma alternativa viável e popular aos veículos movidos a combustíveis fósseis.

Esse sucesso pode ser atribuído a uma série de fatores, incluindo avanços na tecnologia de baterias, conscientização ambiental crescente e incentivos governamentais para a adoção de VE. Além disso, os benefícios dos veículos elétricos são abundantes e impactam positivamente diversos aspectos da sociedade.

Carros elétricos mais baratos

Alguns carros elétricos contribuíram para uma redução de preços nos últimos meses, especialmente após o lançamento do BYD Dolphin, o que gerou o conhecido “efeito Dolphin” entre as marcas tradicionais.

Confira abaixo as maiores quedas de preço entre os carros elétricos.

10 – Renault Kwid E-Tech: O Renault Kwid E-Tech chegou ao mercado com um preço de R$ 149.990; no entanto, em resposta ao “efeito Dolphin”, a marca francesa rapidamente reduziu o valor para R$ 139.990, uma economia de R$ 10.000.

9 – JAC E-JS1: O JAC E-JS1 tinha um preço inicial de R$ 135.900, mas, em um curto espaço de tempo após o “efeito”, seu valor caiu para R$ 126.900, representando uma economia de R$ 9.000. Considerando o preço original na época do “efeito”, que era de R$ 145.900, a redução acumulada chega a R$ 19.000.

8 – Caoa Chery iCar: O Caoa Chery iCar estava sendo vendido por R$ 149.990; no entanto, várias reduções de preço subsequentes o levaram a custar R$ 119.990, tornando-se assim o veículo elétrico mais acessível do Brasil, com uma economia de R$ 30.000.

7 – BYD Song Plus: O híbrido Song Plus foi inicialmente lançado por R$ 269.990. Devido, porém, ao impacto do BYD EX30, a BYD, que havia provocado a concorrência, foi obrigada a reduzir o preço para R$ 229.990. Dessa forma, resultando em uma economia de R$ 40.000.

6 – BYD Yuan Plus: O BYD Yuan Plus também experimentou uma redução significativa de R$ 40.000 em seu preço. Isso ocorreu devido à concorrência do veículo elétrico sueco, sendo vendido agora por R$ 229.990.

5 – Hyundai Kona Hybrid: O Hyundai Kona Hybrid, comercializado pela Caoa, chegou ao mercado com um preço de R$ 209.990. No entanto, em resposta às pressões do mercado, teve que reduzir para R$ 169.990, representando uma economia de R$ 40.000.

4 – Seres 3 BEV: O Seres 3 BEV estava originalmente com um preço de R$ 239.990. No entanto, teve que ceder R$ 40.000 em sua precificação, devido à concorrência do Volvo EX30, sendo vendido por R$ 199.990.

3 – Hyundai Ioniq Hybrid: Atualmente, o Hyundai Ioniq Hybrid tem um preço de R$ 149.990, mas nem sempre foi assim. Quando os concorrentes chineses lançaram preços mais competitivos, o veículo coreano reduziu o preço de R$ 199.990 para R$ 149.990, uma economia de R$ 50.000.

2 – Peugeot e-2008: Mesmo a Stellantis, proprietária da Peugeot, não escapou da pressão competitiva. O Peugeot e-2008 viu seu preço cair de R$ 259.990 para R$ 199.990, representando uma economia de R$ 60.000.

1 – Hyundai Kona EV: Por fim, o veículo que mais sofreu redução de preço foi o Hyundai Kona EV. Ele foi inicialmente anunciado por R$ 289.990, mas hoje é vendido por R$ 189.990, uma economia notável de R$ 100.000.

Com isso, ficou ainda mais fácil para os brasileiros adquirirem um carro elétrico. Seja por financiamento ou empréstimo com garantia de veículo, ter um automóvel desse tipo está cada vez mais possível para os motoristas do país.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *