Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Empresa cria projeto para incentivar pessoas com Síndrome de Down a tirar CNH

De acordo com a empresa, existem apenas duas pessoas com síndrome de Down que possuem CNH no Brasil.


Por Pauline Machado Publicado 04/04/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00

Pessoas com síndrome de Down e outras deficiências intelectuais ganham incentivo para tirarem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por meio de um projeto desenvolvido pela Localiza – empresa de locação de carros. A intenção é promover a inclusão social no trânsito. 

A Localiza informa que existem apenas duas pessoas com síndrome de Down que possuem CNH no Brasil, embora de acordo com dados do Ministério da Infraestrutura, existam mais de 78 milhões de condutores habilitados no País.

O projeto

A primeira ação do projeto será o pagamento por parte da Localiza, dos custos de emissões de CNH para 30 pessoas com síndrome de Down.

Em ação simultânea, a empresa informou que irá atuar em parceria com o Instituto Mano Down. O objetivo será capacitar autoescolas que têm interesse em formar os novos condutores.

“Temos uma geração inteira de pessoas que viveram na mais completa exclusão e invisibilidade social. A campanha traz o protagonismo para elas e cria oportunidades para que se desenvolvam, conquistem autonomia e espaço na sociedade”, comemora Leonardo Gontijo, fundador e diretor do instituto.

Como participar

Os interessados em tirar a carteira de motorista, por exemplo, podem se inscrever neste link. Os 30 primeiros aprovados receberão a informação de que terão os custos da CNH pagos pela Localiza. Estão incluídos exames médicos e custos com legislação, aulas de direção e exame final.

Processo de habilitação

O processo de obtenção da CNH é formado de várias etapas e, de acordo com as regras atuais, tem a validade de um ano. No caso da primeira habilitação, é possível candidatar-se à Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), categoria A, categoria B, categorias A e B, ACC e categoria B. Para isso, o candidato deve ser penalmente imputável (ter 18 anos), saber ler e escrever assim como possuir documento de identificação e CPF.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *