Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

20 de julho de 2024

Credencial para idosos pararem em vaga preferencial já pode ser emitida pelo celular

A obtenção da credencial por meio da CDT busca reduzir a burocracia relacionada aos serviços de trânsito no país, de modo a melhor atender a população.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 05/11/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00
Credencial para idosos
Após emitir a credencial para idosos, condutor +60 deve imprimi-la e deixar visível no carro para ter direito à vaga especial – Foto: Prefeitura de Belo Horizonte/Divulgação

A Carteira Digital de Trânsito (CDT) ganhou uma nova funcionalidade. Já é possível aos condutores emitir a credencial de estacionamento para idosos, ou seja, pessoas com mais de 60 anos por meio do aplicativo. Para isso, o órgão local de trânsito deve ter aderido ao serviço e o condutor precisa do app da CDT instalado em seu celular. Antes, a emissão só estava disponível pelo portal da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) ou presencialmente no órgão de trânsito da cidade do motorista. Atualmente, 102 órgãos de 17 estados já aderiram ao serviço – a lista completa pode ser conferida aqui.

A obtenção da credencial por meio da CDT busca reduzir a burocracia relacionada aos serviços de trânsito no país, de modo a melhor atender a população.

“Essa é mais uma funcionalidade disponível pela CDT, que tem essa proposta de se tornar um grande leque de serviços, oferecendo a cada dia mais facilidades aos usuários”, afirmou o secretário nacional de Trânsito, Adrualdo Catão.

A Senatran está trabalhando para que as pessoas que não estão no Registro Nacional de Carteiras de Habilitação (Renach), ou seja, não são condutores de veículos automotores, possam também solicitar sua credencial de estacionamento de idoso de forma digital: pelo app da CDT e no portal Senatran. Com isso, idosos não habilitados podem usar a credencial quando estiverem a bordo de veículos de terceiros. Hoje, a permissão só é possível se o interessado for até o órgão de trânsito local. 

Como funciona?

Intuitivo assim como fácil de usar, a CDT permite que os usuários possam obter o benefício de forma rápida e segura. Todas as validações acontecem pelo aplicativo, o que simplifica o processo de aprovação. Após a liberação da credencial, é só imprimir e fixá-la no painel do veículo.

De acordo com a Senatran, a credencial de estacionamento é um documento obrigatório para uso de vagas especiais, destinadas tanto a condutores maiores de 60 anos quanto a pessoas com deficiência física. Tais vagas são indicadas por pintura no chão ou placas, em ruas e estacionamentos públicos de hospitais, shoppings e outros estabelecimentos comerciais.

Ao estacionar em vagas reservadas, os beneficiários devem obrigatoriamente colocar a credencial no painel do veículo ou em local visível para efeito de fiscalização. Nesse sentido, a não apresentação da credencial caracteriza infração, prevista pelo artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro, e pode acarretar multa média.

“Com essa atualização, a CDT não apenas simplifica o processo de obtenção da credencial de estacionamento, mas também elimina a necessidade de idas aos órgãos de trânsito, economizando tempo e esforço para nossos cidadãos mais experientes”, afirma o diretor-presidente do Serpro, Alexandre Amorim. “A inovação reflete o compromisso contínuo da Carteira Digital de Trânsito em melhorar a vida dos cidadãos por meio de soluções tecnológicas inteligentes”, completou. 

As informações são da Assessoria Especial de Comunicação do Ministério dos Transportes

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *