Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

20 de julho de 2024

Sinalização de trânsito: quais as diferenças entre as placas vermelhas e amarelas?

O Portal do Trânsito traz a explicação sobre as diferenças entre as placas de sinalização de trânsito vermelhas e amarelas.


Por Mariana Czerwonka Publicado 17/11/2022 às 08h15 Atualizado 22/11/2022 às 10h22
Ouvir: 00:00

De acordo com a legislação, a sinalização de trânsito é usada para orientar, advertir e disciplinar a circulação dos elementos do trânsito ao longo das vias. Todas as pessoas que passam pelo processo de primeira habilitação têm contato com esse conteúdo para conseguir tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). No entanto, nem todos os usuários do trânsito, como pedestres e ciclistas, passaram pela autoescola para aprender sobre o assunto. Por esse motivo, o Portal do Trânsito traz a explicação sobre as diferenças entre as placas de sinalização de trânsito vermelhas e amarelas.

Placas vermelhas

Placas vemelhas

As placas vermelhas compõe a chamada sinalização de regulamentação. Esses sinais são aqueles que informam aos usuários as proibições, obrigações e restrições impostas no ponto ou trecho sinalizado.

“Desobedecer aos sinais de regulamentação significa infringir as normas de trânsito, e, portanto, estar sujeito a penalidades e medidas administrativas”, explica Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito.

Conforme a especialista, neste tipo de placa os símbolos são em preto, o fundo é branco e a cor vermelha indica obrigação, proibição ou restrição. Algumas placas apresentam tarja vermelha na diagonal, que significa proibição. “Um exemplo é a placa de proibido ou permitido estacionamento na via”, ilustra a especialista.

Os sinais R-1 e R-2 (parada obrigatória e dê a preferência) são os únicos sinais de regulamentação que diferem do formato circular dos demais e podem ser reconhecidos à distância.

Placas amarelas

Placas amarelas

De acordo com Pietsak, as placas amarelas fazem parte da chamada sinalização de advertência. São os sinais que servem para alertar os usuários, com antecedência, sobre situações de perigo na via, para que possam reagir de forma adequada.

“As recomendações básicas em qualquer situação de risco são: reduzir a velocidade e redobrar a atenção”, alerta Pietsak.

Nas placas de advertência, por exemplo, os símbolos são em preto, a cor do fundo é amarela – que indica atenção, perigo. O formato das placas geralmente é quadrado. “O condutor deve interpretar corretamente o sinal de advertência e tomar os cuidados necessários para cada situação. Desrespeitar a sinalização de advertência significa imprudência e negligência”, conclui a especialista.

Outros tipos de sinalização

As placas vermelhas e amarelas são apenas parte da sinalização de trânsito, nesse caso, sinalização vertical. Fazem ainda parte da sinalização:

  • Sinalização Horizontal
  • Dispositivos Auxiliares
  • Sinalização Semafórica
  • Sinalização de Obras
  • Gestos
  • Sinais Sonoros

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *